sexta-feira, 27 de março de 2009

Hoje eu acordei um tanto assim...




...mais apaixonada do que nunca!
Apaixonada por mim...pela vida!

Então hoje, resolvi só pra variar um pouquinho, escrever sobre o amor.
Não me perguntem porque não tenho outro assunto. Simplesmente não saberia explicar...
Há anos, tento entender porque sou tão sonhadora, intensa e excessivamente romântica. Honestamente, não tenho resposta para isso e acho que nunca terei, então aceito sem sofrimento ser assim. Hoje me vejo até como uma privilegiada.

Sendo bem sincera, sou assim para tudo na vida!
Apaixonada pelos amigos, apaixonada pela família (entendam que minha cadela Aika está incluída), apaixonada pelo trabalho, apaixonada, apaixonada, apaixonada... Simplesmente apaixonada!!!
Apaixonada e apaixonante... (me perdoem pela falta de modéstia do apaixonante)

Como trabalho ouvindo música, parei hoje nessa que postei anteriormente e que é tão bem interpretada pelo Oswaldo Montenegro. Essa música é pequenininha, bem simples, porém é tão objetiva!

"Quando a gente ama,
Simplesmente ama
É impossível explicar
Quando a gente ama
Simplesmente ama"


É exatamente isso! Não tem como explicar o inexplicável!!!
Não tem cabimento ficar explicando o porque disso, ou o porque daquilo em relação as coisas do coração caramba! Não existe explicação científica para isso! Não existe teoria para isso! Simplesmente é para ser sentido e vivido.

Precisamos entender que o amor invade e fim!
Cabe ao ser humano conviver com isso de uma maneira harmoniosa ou viver numa luta agoniante com o seu eu...
Eu, calejada no assunto, diria que essa segunda opção é um tanto quanto desleal uma vez que o sentimento é algo que não se pode mensurar, logo, desvantagem total lutar contra ele...

Aceite-se! Viva e deixe viver!
Ame! Ame-se! E o principal, permita que te amem!
Sem culpas, sem medo...sem mágoas...
Quando tiver que chorar, chore! Quem disse que amar não dói?
Dói e dói muito! Encare como um aprendizado pois isso te levará ao crescimento...
Você aprende a renunciar suas vontades, você aprende a compartilhar sonhos, compartilhar alegrias e também tristezas e são exatamente esses momentos que construirão seu interior...
Agora, é importante saber que essa construção foi feita porém não é definitiva pois nada relacionado ao amor é definitivo!
Quando você pensa que já viveu todas as experiências relacionadas a esse sentimento e que estará "protegido" para uma próxima situação, vem a vida e te dá uma lambada.

Ninguém consegue se blindar todo tempo...uma hora a casa cai! E é tão bom quando derrubamos essa "couraça de proteção", é tão intenso, tão mágico...

O amor é o único sentimento capaz de te surpreender sempre pois ele foge todas as regras!

Então, é isso! Tentei, tentei e não consegui finalizar.
É que amor não se explica, amor simplesmente sente-se...


Ps.: Você percebe que amou alguém de verdade, quando aprende que suas vontades não são soberanas, aprende a dividir, aprende a respeitar, aprende que pedir desculpas não é humilhação porque é muito mais gratificante ser perdoada do que medir forças com quem se ama. Aliás, mudando um pouco a frase, onde existe disputa de "poder", descofio que exista amor...


PEACE ;)

Um comentário:

Fabíola Sant`Ana disse...

Ok! Ok! Ok!
Simplesmente amar, amar, amar...

vamos escrever sobre outro assunto, sonhadora?